JEE está morrendo

  • 3

JEE está morrendo

Category : Arquitetura , Java , Oracle

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O JEE está lentamente morrendo, se o seu projeto depende dele, você pode ficar para trás, entenda o porquê.

JEE RIP

Não sou o primeiro a dizer isso, e provavelmente não serei o último.

Conheça os 7 pregos que estão fechando esse caixão:

prego

1 – A Oracle comprou a Sun Microsystems

sun-rip

Em 2009, pouco tempo depois que a Oracle comprou a Sun Microsystems, algumas estrelas como o pai do Java James Gosling, o co-inventor do XML Tim Bray e Simon Phipps abandonam a empresa.
Outros importantes engenheiros da Sun também pediram demissão meses depois.

prego
2 – Crescimento de servidores sem suporte a EAR

death-of-proprietry-app-servers-min
Fonte: New Relic

O crescimento de contêiners sem suporte a EAR mostra que o mercado tem uma tendência de abandonar o uso de EJB, mesmo que em sua versão 3.x a sua implementação foi facilitada, mas a complexidade do uso nem tanto.

prego
3 – Projetos open-source estão se adiantando nas implementações sem especificação oficial

servlet4

Mark Thomas do projeto Apache Tomcat fala sobre o roadmap do projeto, e como é membro da JCP da especificação Servlet 4.0, ele está aguardando definições para implementar o Tomcat 9.0, mas não tem… e como o mercado não quer esperar a equipe criou a versão 8.5 adiantando algumas implementações ainda não fechadas na JEE 8.

prego
4 – O foco da Oracle não é o JEE

statistic_id478143_market-share-of-iaas-vendors-worldwide-2015
Fonte: Business Insider

A Oracle está 10 anos atrasada na corrida do cloud computing, em último lugar atrás das nuvens da Microsoft Azure, IBM Bluemix e Amazon AWS.
Todos os principais engenheiros estão focados na Oracle Cloud, então acredite, JEE 8 não é prioridade.

prego
5 – A Oracle demitiu os principais evangelistas

fire

Não demorou muito para a Oracle demitir os evangelistas Java por motivos aparentemente não revelados.
E a lista de demitidos está crescendo mais e mais.

Agora fora da Oracle, os evangelistas fundaram um site e tentam pressionar a Oracle para cumprir com os prazos do JEE.

Se sendo funcionário da empresa já era dificil cobrar algum prazo, imaginem fora dela!

prego
6 – O JEE 8 já foi adiado diversas vezes

banana-slip

Está gostando do JEE 8 que foi lançada agora em setembro de 2016 ?

Pois é, o que começou lá em 2014 foi adiado mais uma vez…

7 – Adesão praticamente nula de projetos open source

Pense um projeto open source em Java… um com mais de mil usuários… o que vem na sua cabeça? Jenkins ? Artifactory ? Sonar ? Hadoop ? Zookeper ? ActiveMQ ?

Olhe o código fonte deles… é auto-explicativo!

now-what

Parece que tem uma luz no fim do túnel, depois da Oracle fazer algumas promessas que no próximo Java One informaria mais detalhes do JEE8, ela confirmou que a data oficial agora é no final de 2017, vamos aguardar!

running-late

Portanto, se você está usando uma especificação de 2013 e não quer esperar mais um ano para evoluir, sugiro que olhe o que o mercado usa e não deixe que um comitê limite o que o seu sistema pode fazer !

Fernando Boaglio, para a comunidade =)


About Author

Fernando Boaglio

???

  • Fanime

    Seria interessante ter abordado as promessas feitas na javaOne, dentre elas o foco pro cloud/programação reativa, e a *difícil acreditar mas enfim* promessa de duas versões nos próximos dois anos.

  • Opa Boaglio,

    na realidade este seu post é impreciso, talvez o melhor não seja dizer que o “Java EE” está morrendo, mas sim “quais partes do Java EE estão morrendo”.

    Voltando ao passado, o EJB, por exemplo, morre em 2004 quando Rod Johnson escreve o “Expert One-on-One J2EE Development without EJB” (leitura incrível até hoje, diga-se de passagem) e nos apresenta o Spring. Ali vimos que quase não precisávamos dele.

    Vou ser um pouco polêmico, mas o JSF, por exemplo, morre no 2.0, quando a ideia original é simplesmente apagada da história (lembro que pregavam um JSF que nos permitira desenvolver pra mobile, desktop, web, etc, com facilidades de desenvolvimento).

    A estrutura de deploy do EAR: convenhamos, pouquíssimas pessoas usavam isto mesmo. 99% usam apenas um WAR.

    A estrutura de conectores: menos gente ainda!

    No entanto, tirando estes pontos, temos ainda hoje uma das plataformas mais estáveis, escaláveis, robustas e também com uma das maiores comunidades E, apesar das críticas, com um bom suporte da Oracle.

    Muito se temia em 2009 quando a Oracle ou IBM iriam comprar a Sun. Diziam que a Oracle iria acabar com o Java, que ia terminar tudo (eu mesmo temia isto). Pra minha surpresa, vi o contrário: o Java deu um pulo, assim como diversos outros projetos E o JavaEE também.

    Convenhamos, a atualização de uma ESPECIFICAÇÃO a cada 2 anos não é um processo que possamos considerar lento, ainda mais levando em consideração que é feito por um comitê.

    Sobre estar na crista da onda: sim, é possível com Java EE. Basta lembrar que o Java EE é a especificação, e os projetos que se baseiam nele e o alavancam, como o Spring, Grails, o finado Seam e outros é que nos levam aos extremos.

    Então, “morrendo”, eu não diria. Fora do hype, sim. Estável? Demais.

    Ainda busco uma plataforma melhor após todos estes anos. 🙂

    Mas boa discussão esta que você levantou!

  • @Fanime bem lembrando… mas sabemos que de boas intenções o Inferno está cheio =)

    @Henrique Lobo Weissmann o título foi meio dramático mesmo… mas a ideia geral é que se ficarmos só no que é padrão, ficamos para trás. Você classifica corretamente o Spring como um complemento, mas alguns classificam como fora do padrão. Eu tive a chance de conversar pessoalmente com Kosuke (criador do Jenkins) e perguntei como foi essa transição da Sun para Oracle: ele disse que na época da Sun tinha muito investimento em vários projetos que provavelmente não teriam resultado e até sem muito controle; quando entrou na Oracle, a maioria dos projetos foram cortados e apenas alguns continuaram, e foi por isso que muita gente saiu. Para mim é nítido como a prioridade do Java caiu, mas com certeza ainda tem uma importância e espero que com o tempo melhore =)

Quero saber mais sobre…

Inscreva-se para receber as novidades!

Arquivos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×