programadores ontem, crud makers hoje e amanhã ?

  • 2

programadores ontem, crud makers hoje e amanhã ?

20 Flares Twitter 3 Facebook 17 Filament.io 20 Flares ×

Se você entrou no mercado de TI há pouco tempo, talvez não perceba que a incompetência dos sistemas de hoje está mascarada.

Os projetos aumentando e o tempo diminuindo, o que costuma acontecer é programar só para entregar, sem pensar no que está fazendo.

E por que isso acontece ?

Por dois motivos:

  1. porque é mais fácil
  2. porque o hardware de hoje permite!

Veja um exemplo, quanto de memória você acha que tem o satélite Galileo, que saiu da Terra em 1989 e até 2003 viajou 600 milhões de quilômetros ?

galileojupiter

Acredite se quiser, mas ele foi até lá, nos enviou milhares de fotos com apenas 176Kb de RAM !

Indo além, a Voyager 1 , que já saiu do sistema Solar e está há 17 bilhões de quilômetros da Terra, está funcionando com 4Kb de RAM rodando um programa em FORTRAN que ocupa menos de 1Kb !

Há, mas eu não trabalho na NASA e não programo para satélite!

Bom, pode ser, mas o foco é que antigamente o hardware era extremamente limitado, portanto um código bem escrito rodava, um escrito mais ou menos simplesmente não funcionava!

Hoje o crescimento horizontal dos servidores abafa a incompetência de vários sistemas, e sem falar quando isso vai para as nuvens.

Nos tempos do MSX na era dos 8 bits , existia pouca memória, CPU lento e muita programação para a coisa ficar aceitável.

Esse vídeo abaixo fala que nessa época 16kb existiam aplicativos, jogos e hoje até um email tem mais que isso:

Teve gente que pegou uma das primeiras versões do UNIX e criou uma versão para MSX: UZIX. Esse é apenas um dos diversos projetos feitos para essa plataforma.

O blog do pessoal do Retrocomputaria fala bem sobre isso.

Já escutei pessoas mais velhas que eu dizerem que hoje não tem programadores, temos codificadores. Não dá para generalizar, mas acredito que se for falar pela maioria, essa afirmação faz sentido.

programmer

Sabemos que a programação evoluiu, hoje temos metodologias ágeis, desenvolvimento orientado a testes, entre outras coisas interessantes, mas na prática, junte 1000 sistemas de empresas diferentes, quantos % foi feito usando tudo isso ?

Pense nisso!

Fernando Boaglio, para a comunidade


About Author

Fernando Boaglio

???

2 Comments

André Santos

23/setembro/2013 at 6:13 pm

Excelente!

Diogo Almeida

29/outubro/2014 at 7:18 am

Parabéns! Simplesmente sensacional esse teu texto.

Leave a Reply

Quero saber mais sobre…

Inscreva-se para receber as novidades!

Arquivos

20 Flares Twitter 3 Facebook 17 Filament.io 20 Flares ×