SCRUM em Hollywood

  • 0

SCRUM em Hollywood

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Um bom hábito que tenho é assistir as palestras dos eventos que não pude ir.

Uma delas foi a palestra do Fábio Akita, que não falou de Rails, mas sim de Agile, e no meio de sua palestra achei bem interessante ele mencionar o filme A Beautiful Mind / Uma mente brilhante .


Nele, o personagem John Nash considera incompleta a teoria de Adam Smith, que os melhores resultados vem de todos no grupo fazendo o que é melhor para si.

Na cena no bar com os amigos e as garotas, ele complementa a teoria, afirmando que os melhores resultados vem de todos no grupo fazendo o que é melhor para si e para o grupo.

É muito bom você conseguir visualizar esses conceitos em filmes, fica muito mais claro entender a coisa.

Num daily meeting da empresa onde trabalho, o Fernando Franceschi citou um exemplo bem legal de cooperação de trabalho em equipe.

Na comédia Rebound / A Hora da Virada , o treinador Roy McCormick (Martin Lawrence) tem que treinar uma equipe de jovens jogares de basquete bem desmotivados e que não se comunicam direito, ninguém passa a bola pra ninguém no jogo.

Para resolver esse problema, o treinador apaga a luz no meio do jogo. Com isso, os jogadores são forçados a se comunicar para continuar a partida, e como resultado, eles melhoram a comunicação e o entrosamento da equipe.

Não é novidade que as empresas sempre tentam melhorar os meios de comunicação de seus funcionários, um bom exemplo disso é a sexta feira sem emails, utilizado inclusive pela Intel.

E a sua empresa, poderia fazer algo para melhorar a comunicação?

Pense nisso.

Fernando Boaglio, para a comunidade. =)


About Author

Fernando Boaglio

???

Quero saber mais sobre…

Inscreva-se para receber as novidades!

Arquivos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×